//
Planejamento da Sprint

A reunião de planejamento da Sprint é quando a iteração é planejada. O total da reunião geralmente é de 8 horas para uma Sprint de um mês de duração. No entanto, esta reunião possui duas partes, e geralmente devido a esta separação a reunião é realizada em duas etapas de 4 horas, que chamamos de Sprint Planning 1, ou simplesmente SP#1, e Sprint Planning 2, ou SP#2.

Vamos ver porque a sugestão de separá-las, e qual o objetivo de cada uma.

___________________________________________________________________________
Sprint Planning 1 – SP#1

A SP#1, ou primeira parte da reunião de planejamento da Sprint, geralmente possui a duração fixa de 4 horas e o seu objetivo é decidir o que será feito na Sprint.

Resumidamente esta é a parte do “o que?“, e nesta reunião o Time trata da questão de “o que” será feito na Sprint. Para isso o Product Owner apresenta ao Time o que é mais prioritário no Backlog do Produto, e eles trabalham em conjunto para definir quais funcionalidades serão feitas, ou seja, o que deverá ser desenvolvido na próxima Sprint de acordo com a importância determinada pelo Product Owner.

Dica: Uma das técnicas utilizadas para determinar a prioridade dos itens de Backlog é não usar priorização, mas sim importância. Confira a diferença e como determinar a importância de seus itens de Backlog através do tópico Estimativas.

As entradas para esta reunião são o Backlog do Produto, o incremento mais recente ao produto (se já houver), a capacidade do Time e o histórico de desempenho do Time.

Lembrando que somente o Time é capaz de determinar a quantidade do Backlog a ser selecionada, e o que ele é capaz de realizar na próxima Sprint.

Após a seleção dos itens do Backlog do Produto, é a vez de determinar a meta da Sprint. A meta da Sprint é um objetivo claro que será atingido através da implementação do Backlog do Produto, e esta deva ser uma descrição que fornece orientação ao Time sobre a razão pela qual está sendo desenvolvido o incremento.

Esta Meta da Sprint é um subconjunto da Meta da versão para entrega, já definida anterioremente na reunião de planejamento da versão de entrega. Conforme o Time trabalha ele mantém a meta em mente, e para satisfazer a meta ele implementa as funcionalidades através dos itens do Backlog selecionados.

Dica: Na SP#1 o Time também deve definir os tamanhos dos itens de Backlog selecionados, através de estimativas. Confira como determinar a estimativa de seu Backlog do Produto através do tópico Estimativas.

Dica: Com a SP#1, se tem o primeiro artefato para a montagem do taskboard da Sprint, as estórias. Estas irão compor a primeira coluna chamada também de “estória“, no taskboard da Sprint.

___________________________________________________________________________
Sprint Planning 2 – SP#2

A SP#2, ou segunda parte da reunião da planejamento da Sprint, geralmente também tem a duração de 4 horas e o seu objetivo é de entender como serão desenvolvidas as funcionalidades selecionadas em um incremento do produto durante a Sprint.

Resumidamente esta é a parte do “como?“, e nesta reunião o Time trata da questão de “como” serão desenvolvidos os itens selecionados do Backlog do Produto. Para isso o Time pode projetar o trabalho, identificando tarefas.

Essas tarefas são pedaços detalhados do trabalho necessário para converter o Backlog do Produto em um produto pronto para entrega. As tarefas devem ser decompostas para que possam ser feitas dentro de um dia da Sprint, e então esta lista de tarefas ganha o nome de Backlog da Sprint.

O próprio Time deve se auto-organizar, se encarregar e se responsabilizar  pelo trabalho contido no Backlog da Sprint, tanto durante a reunião de planejamento da Sprint, quanto durante a execução da Sprint.

Dica: Geralmente somente 70% do total do Backlog da Sprint será definido durante a reunião de planejamento da Sprint. O restante é deixado para ser detalhado mais tarde, ou são dadas estimativas grandes que serão decompostas mais tarde durante a própria Sprint.

Dica: O Product Owner esta presente nas duas partes da reunião de planejamento da Sprint, principalmente para esclarecer o Backlog do Produto e para ajudar nas trocas caso seja necessário. As trocas neste caso são determinadas quando o Time identificar que tem trabalho demais ou de menos.

Dica: Na SP#2 o Time também deve definir os tamanhos dos itens de Backlog selecionados, através das estimativas das tarefas decompostas. Confira como determinar a estimativa das tarefas e consequentemente do seu Backlog da Sprint através do tópico Estimativas.

Dica: Com a SP#2, se tem os segundo artefato para a montagem do taskboard da Sprint, as tarefas. Estas irão compor inicialmente a segunda coluna chamada “Fazer“, no taskboard da Sprint.

___________________________________________________________________________
Introdução | Papéis e responsabilidades | Artefatos Scrum | Planejamento da Versão da Entrega | Sprint | Planejamento da Sprint
Estimativas | Reunião Diária – Daily Meeting | Revisão da Sprint – Review | Retrospectiva da Sprint | Manifesto Ágil

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

fabio cruz no twitter

Categorias

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se aos outros seguidores de 11

%d blogueiros gostam disto: